sábado, 11 de fevereiro de 2017

OS TRÊS GUIAS, OS TRÊS DESTINOS


A divindade dá aos homens, a cada nação, três guias que são responsáveis por influenciarem os seus destinos.
O ESTADISTA, o PROFETA e o POETA.
Esses são os maiores jugos que existe na humanidade e a eles a luz se faz presente, pela complexidade e pela responsabilidade de seus caminhos.
O ESTADISTA dirige os homens e uma nação.
O PROFETA cuida do espiritual e da moral dos homens e das nações.
E o POETA sente as dores do mundo.

Esses três seres são fundamentais para a humanidade e toda a responsabilidade e destino dos homens recaí sobre essas três figuras:
O ESTADISTA guia, traz a prosperidade ou mergulha na ruína o seu povo;
O PROFETA aproxima ou afasta os homens da luz;
O POETA redime a humanidade, transformando suas dores em arte e sonhos de beleza ou deixa o mundo no vazio e se autodestrói.


Todo povo ou nação que tem um dos três guias corrompidos sofre, e o seu povo não prospera e vive em trevas
Todo povo ou nação que tem dois dos três guias corrompidos vive em confusão, no caos e na estagnação.
Todo povo ou nação que tem os três guias corrompidos perece, sendo varrida da terra ou absorvida pelas outras nações.
Mas, toda nação que tem os três guias corretos, vivendo em verdade e em comunhão com a luz e um com os outros, este povo ou nação prospera e se torna o arauto da luz e o farol da humanidade.

Oremos sempre para que a luz guie os nossos guias e para que os povos cuidem deles com carinho e respeito.

*AlexMaciel

Nenhum comentário:

Postar um comentário