domingo, 4 de dezembro de 2016

SAUDADES



A saudade dos que aqui ficam
Por todos vocês é imensa.
Mas, assim é essa vida:
Felicidade e dor intensa.

Choramos e muito sofremos,
Como tudo aqui neste belo mundo.
A crueldade que no bom vivemos,
Perde valor na dor, e nos faz mudos.

Pesamos a vida então,
E dela juramos levar só o importante.
Tristemente esquecemos o coração
E da maldade, voltamos a ser amantes.

Mas a dor da perda,
Alerta ao pobre coração,
De que aqui não há certezas,
apenas faíscas que se apagarão.

Machuca, fere ver o fim chegar,
e não há conforto no além.
Porque ainda estamos a chorar
Buscando aquilo que já não se tem.

Somos um sonho apenas,
De algo que muito sonha, 
Ensinando-nos por duras penas,
Que vivemos naqueles que amam.

*AlexMaciel


Nenhum comentário:

Postar um comentário