segunda-feira, 30 de março de 2015

NATUREZA



A violenta natureza,
Insensível, extremamente bela!
Um destino maior, previamente estabelecido,
Comandado pela perfeição
Pelo inefável, pelo desconhecido.
E os homens?
Ah, os homens!
Eles seguem sozinhos, perdidos,
Cegos; tateando o escuro,
Alheios ao bem maior.
Que a natureza lhe guie
E que a sua própria natureza desperte-o,
Fazendo-o novamente brilhar 
E novamente ser guiado,
Ao invés de se guiar.

*AlexMaciel

Nenhum comentário:

Postar um comentário