terça-feira, 14 de outubro de 2014

O AMAR


Essa vida, que rapidamente passa,
Deixa muitas marcas, muitas saudades.
Muitos vivem, crescem, amam, casam
E vão embora, cansados pela idade.

Todos, todos os seres desta terra,
Passam como o vento,  invisível rápido.
Mas, os sentimentos, os momentos desta parcela,
São eternos, pois pelos mesmos são perpetuados.

Uma idade, uma simples geração
Deixa marcas, lembranças, mudanças.
A próxima, a que pesa seu coração,
Reconhece e segue o bom da herança.

Somos pó, poeira interestelar.
O oceano cósmico nos chama!
Mas, apenas aqueles que ouvem seu chamar
Descobrem que, nesta vida, só vive o que ama.

*AlexMaciel

Nenhum comentário:

Postar um comentário